Prevenção do câncer: 7 dicas para reduzir seu risco

mãos segurando laço rosa

Este Artigo vai te ajudar com 7 dicas sobre Prevenção do Câncer.

Falamos muito sobre o medo que as pessoas tem dessa doença. Falar em câncer pode parecer assustador, mas é importante pensarmos como podemos evitá-lo. Assumir o controle da própria saúde é importante e pode ajudar você e sua família na prevenção do câncer.

Você provavelmente já ouviu relatos conflitantes sobre a prevenção do câncer. Às vezes, uma dica específica de prevenção do câncer recomendada em um estudo é desaconselhada em outro.
Muitas vezes, o que se sabe sobre a prevenção do câncer ainda está evoluindo.

No entanto, é bem aceito que suas chances de desenvolver câncer são afetadas pelas escolhas de estilo de vida que você faz.
Portanto, se você estiver interessado em prevenir o câncer, conforte-se no fato de que mudanças simples no estilo de vida podem fazer a diferença.

Considere estas dicas de prevenção do câncer:

Não fume

Usar qualquer tipo de tabaco coloca você em rota de colisão com o câncer. O tabagismo tem sido associado a vários tipos de câncer – incluindo câncer de pulmão, câncer de boca, garganta, laringe, pâncreas, bexiga, colo do útero e rim.

O tabaco de mascar tem sido associado ao câncer da cavidade oral e do pâncreas. Mesmo que você não use tabaco, a exposição ao fumo passivo pode aumentar o risco de câncer de pulmão.

Evitar o tabaco – ou decidir parar de usá-lo – é uma parte importante da prevenção do câncer. Se você precisar de ajuda para deixar o tabaco, pergunte ao seu médico sobre produtos para parar de fumar e outras estratégias para parar de fumar.

Tenha uma dieta saudável

Embora fazer seleções saudáveis na mercearia e na hora das refeições não possa garantir a prevenção do câncer, isso pode reduzir seu risco. Considere estas diretrizes:

  • Coma muitas frutas e vegetais. Baseie sua dieta em frutas, vegetais e outros alimentos de origem vegetal – como grãos integrais e feijões.
  • Evite a obesidade. Coma mais leve e magro, escolhendo menos alimentos altamente calóricos, incluindo açúcares refinados e gorduras ruins.
  • Se você optar por ingerir bebidas alcoólicas, faça isso com moderação. O risco de vários tipos de câncer – incluindo câncer de mama, cólon, pulmão, rim e fígado – aumenta com a quantidade de álcool que você bebe e com o tempo que você tem bebido regularmente.
  • Limitar carnes processadas. Um relatório da Agência Internacional para Pesquisa sobre o Câncer, a agência de câncer da Organização Mundial da Saúde, concluiu que o consumo de grandes quantidades de carne processada pode aumentar ligeiramente o risco de certos tipos de câncer.

Além disso, mulheres que comem uma dieta mediterrânea suplementada com azeite extra-virgem frio e nozes mistas podem ter um risco reduzido de câncer de mama.

A dieta mediterrânea concentra-se principalmente em alimentos à base de plantas, como frutas e legumes, cereais integrais, verduras e nozes. As pessoas que seguem a dieta mediterrânea escolhem gorduras saudáveis, como azeite, manteiga e peixe, em vez de carne vermelha.

Mantenha um peso saudável e seja fisicamente ativo

Manter um peso saudável pode reduzir o risco de vários tipos de câncer, incluindo câncer de mama, próstata, pulmão, cólon e rim.

A atividade física também conta na prevenção do câncer. Além de ajudar você a controlar seu peso, a atividade física por conta própria pode reduzir o risco de câncer de mama e câncer de cólon.

Adultos que participam de qualquer atividade física ganham alguns benefícios para a saúde.

Mas para benefícios substanciais à saúde, esforce-se para obter pelo menos 150 minutos por semana de atividade aeróbica moderada ou 75 minutos por semana de atividade aeróbica vigorosa.

Você também pode fazer uma combinação de atividade moderada e vigorosa.

Como meta geral, inclua pelo menos 30 minutos de atividade física em sua rotina diária – e se você puder fazer mais, melhor ainda.

Proteja-se do Sol

O câncer de pele é um dos tipos mais comuns de câncer – e um dos mais evitáveis. Tente estas dicas:

  • Evite o sol do meio dia. Fique longe do sol entre as 11:00 e as 16:00, quando os raios do sol são mais fortes.
  • Fique na sombra. Quando estiver ao ar livre, fique na sombra o máximo possível. Óculos de sol e um chapéu de abas largas ajudam também.
  • Cubra as áreas expostas. Use roupas bem ajustadas e folgadas que cubram o máximo possível de sua pele. Opte por cores claras ou escuras, que refletem mais radiação ultravioleta do que pastéis ou algodão branqueado.
  • Não economize em protetor solar. Use um protetor solar de amplo espectro com um FPS de pelo menos 30, mesmo em dias nublados. Aplique protetor solar generosamente e reaplique a cada duas horas – ou com mais frequência se estiver nadando ou transpirando.
  • Evite camas de bronzeamento e lâmpadas solares. Estes são tão prejudiciais quanto a luz solar natural.

Vacine-se

A prevenção do câncer inclui proteção contra certas infecções virais. Converse com seu médico sobre vacinação contra:

  • Hepatite B: A hepatite B pode aumentar o risco de desenvolver câncer de fígado. A vacina contra hepatite B é recomendada para alguns adultos de alto risco – como adultos sexualmente ativos, mas não em um relacionamento monogâmico, pessoas com infecções sexualmente transmissíveis, pessoas que usam drogas intravenosas, homens que fazem sexo com homens e profissionais de saúde ou trabalhadores de segurança pública que possam estar expostos a sangue ou fluídos corporais infectados.
  • Papilomavírus humano (HPV): O HPV é um vírus sexualmente transmissível que pode levar ao câncer do colo do útero e de outros órgãos genitais, bem como ao câncer de células escamosas da cabeça e do pescoço. A vacina contra o HPV é recomendada para meninas e meninos com idades entre 11 e 12 anos.

Evite comportamentos de risco

Outra tática eficaz de prevenção do câncer é evitar comportamentos de risco que podem levar a infecções que, por sua vez, podem aumentar o risco de câncer. Por exemplo:

  • Pratique sexo seguro. Limite o seu número de parceiros sexuais e use um preservativo quando fizer sexo. Quanto mais parceiros sexuais você tiver em sua vida, maior a probabilidade de contrair uma infecção sexualmente transmissível – como o HIV ou o HPV. As pessoas que têm HIV ou AIDS têm um risco maior de câncer do ânus, fígado e pulmão. O HPV é mais frequentemente associado ao câncer do colo do útero, mas também pode aumentar o risco de câncer do ânus, pênis, garganta, vulva e vagina.
  • Não compartilhe agulhas. Compartilhar agulhas com pessoas que usam drogas intravenosas pode levar ao HIV, assim como hepatite B e hepatite C – o que pode aumentar o risco de câncer de fígado. Se você está preocupado com o abuso ou dependência de drogas, procure ajuda profissional.

Visite seu médico regulares

Auto-exames e exames regulares para vários tipos de câncer – como câncer de pele, cólon, colo do útero e mama – podem aumentar suas chances de descobrir o câncer precocemente, quando o tratamento tem maior probabilidade de sucesso.

Pergunte ao seu médico sobre o melhor programa de rastreio do cancro para si.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *